Abel, exemplo de Caráter que Agrada a Deus


Abel, exemplo de Caráter que Agrada a Deus
Lição: 2 - Data da aula: 9 de Abril de 2017
Trimestre: 2° de 2017
Texto Áureo: "Pela fé, Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e, por ela, depois de morto, ainda fala." (Hb 11.4)
Leitura Bíblica em Classe: Gênesis 4.8-16
Introdução: Dois irmãos, dois caráter e dois sacrifícios, essa é a questão a qual envolve o sacrifício oferecido a Deus pelos dois irmãos Abel e Caim, quando um foi aceito e o outro rejeitado. Tanto estava no tipo de sacrifício oferecido, como também no caráter de cada um deles. Nesse caso podemos resumir que Abel tinha um caráter que agradava a Deus e por essa razão pela fé o sacrifício do animal com derramamento de sangue foi aceito e Caim tinha um caráter que desagradava a Deus e por essa razão o seu sacrifício de produtos da terra, que deveria ser de um animal foi rejeitado. Ficou explícito que Caim era um mau caráter, ao ficar indignado por ter o seu sacrifício rejeitado por Deus enchendo-se de ira ao ponto de assassinar o seu irmão Abel. Os dois irmãos não eram ignorantes quanto ao sacrifício a ser oferecido a Deus, pois Adão recebeu ensinamentos do próprio Senhor a respeito de como fazê-lo e transmitiu aos filhos. Abel que era obediente e justo aprendeu a exercitar a sua fé, já Caim que não era obediente e nem justo, não deu importância ao que tinha aprendido e ignorou ao seu exercício de fé. Abel exercitou a sua fé naquilo que aprendeu a respeito do sacrifício com derramamento de sangue, por essa razão matou o animal espargindo o seu sangue e oferecendo a Deus. Caim sabia a respeito do sacrifício que Deus aceitava, mas quis fazer da sua maneira contrariando uma instrução e, em desobediência ao que aprendeu ousou oferecer um sacrifício com produtos da terra achando que Deus aceita qualquer coisa.

QUER SER EXEMPLO DE BOM CARÁTER COMO ABEL? NÃO SEJA UM CAIM
1 – Quando alguém sem caráter de propuser algo procure sempre desconfiar
Gênesis 4.8 E falou Caim com o seu irmão Abel; e sucedeu que, estando eles no campo, se levantou Caim contra o seu irmão Abel, e o matou.
Quem não dá ouvidos a palavra de Deus e se deixa dominar pela ira instalada no seu coração, não tem limites em seus intentos malignos. Quando Deus alerta Caim estava dizendo para ele procurasse vencer o pecado e voltar a levar uma vida de atitudes corretas, o que seria o melhor para ele. Ignorando o que Deus lhe disse se prevaleceu da sua condição de filho primogênito e com isso usou da sua autoridade sobre o irmão Abel induzindo-o a ir ao campo, longe da visão paterna, para por em prática uma trama diabólica, a qual era assassinar o irmão. Abel que até então não sabia o que era um homicídio, não discerniu o olhar de ódio do seu irmão, como também não desconfiava dos seus intentos perverso já premeditado para ceifar a sua própria vida. Assim aconteceu o primeiro assassinato da história bíblica provocado por ciúme e ódio incontrolável de alguém com caráter deformado. Aí está um caso de intolerância religiosa que continuou sendo praticada em todos os tempos e ainda continua com tantas vidas ceifadas pela ignorância às coisas de ordem espiritual. Pessoas sem caráter estão em todos os lugares, tanto no mundo, como na igreja e com essas temos que tomar muito cuidado sempre desconfiando e nunca confiando
2 – A pessoa sem caráter quando apronta algo finge que não sabe de nada
Gênesis 4.9 E disse o SENHOR a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão?
Todas as atitudes de Caim, tanto exteriores, com interiores, estavam sendo observadas por Deus, pois os seus olhos estão sobre todos, tanto os bons, como os maus. A pessoa sem caráter quando faz algo errado procura dissimular de todas as formas, mas nada pode ficar oculto aos olhos de Deus. Os que usam de engano, não ficarão dentro da minha casa diz o Senhor e tudo que o homem semear, ele colherá, seja bom, ou mau. Quem tem a mente dominada pela perversidade tenta de todas as formas se esconderem das maldades que pratica. Não se preocupa com as consequências dos seus atos, como também com os juízos divinos que virão sobre a sua vida. Esse é aquele que apronta e faz todos os estragos que tem que fazer e depois diz que não tem nada com isso com a maior cara de cínico. 
3 - Um homem sem caráter não demonstra arrependimento pelos seus atos
Gênesis 4.10 E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra.
Embora Deus sabendo de tudo fez uma pergunta a Caim sobre o que ele praticou. Na realidade essa pergunta sugeria uma confissão da parte de Caim, porém ele dissimulava não ter consciência do horrendo crime que havia praticado. Não havia como esconder diante de Deus o que havia feito e mesmo desmascarado não amoleceu o seu coração para o arrependimento aguardado pelo Senhor. O que Caim fez foi de extrema gravidade e não teria como evitar as consequências do seu ato, mesmo porque não houve da parte dele qualquer lampejo de remorso pelo que fez. O sangue de Abel foi derramado na terra e esse sangue clamou por justiça chegando aos ouvidos divinos e Caim não teria como negar. Ele não se abalou em momento algum e ainda tentou escapar do juízo usando de mentiras. Ele ignorou que ao Senhor ninguém engana e que Ele não tem o culpado por inocente e horrenda coisa é cair nas mãos do Deus Vivo. 
4 – A falta de temor do mau caráter faz ele não ter consciência do juízo divino
Gênesis 4.11 E agora maldito és tu desde a terra, que abriu a sua boca para receber da tua mão o sangue do teu irmão.
A maldição lançada por Deus quando Adão pecou recaiu sobre a terra, mas a maldição lançada por Deus pelo sangue de Abel derramado na terra recaiu sobre o próprio Caim. Com Adão a terra foi amaldiçoada e com o pecado de Caim, se tornou duplamente amaldiçoada, como também ele próprio foi amaldiçoado por Deus. Os juízos divinos são implacáveis e não deixará de alcançar todos àqueles que insistem em manter um caráter deformado. São tipos de pessoas que só agem com mente perversa e dessa forma ficam com a sua consciência cauterizada, não se importando com as consequências dos seus atos. Costuma sempre objetivar em tudo que faz satisfazer o seu ego não importando a forma como alcança os seus intentos ludibriosos e perversos. 
5 – O homem mau caráter não imagina o imenso preço a pagar pelo seu erro
Gênesis 4.12 Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e vagabundo serás na terra.
Usando de uma metáfora podemos ilustrar que o sangue de Abel infectou a terra como um veneno, motivado pelo homicídio realizado pelo seu irmão Caim. Dessa forma Caim onde fizesse os seus cultivos não alcançaria resultados de grande produção. Nesse caso como forma de punição teria que usar de muito esforço para colher alguma coisa só para sobreviver. Outro castigo foi ser banido do convívio familiar, para vaguear pela terra sempre atemorizado pelo que poderia acontecer com ele. Embora Deus tenha garantido a proteção da sua integridade física a sua vida era de total miserabilidade pelo deserto. A sentença para Caim não foi de morte e sim de uma sentença que se perpetualizou pela sua descendência se expandindo pelo mundo que vive com pessoas de caráter totalmente deformado praticando toda sorte de maldades, guerra, homicídios, fome e muito mais. Tudo isso teve a origem em Caim pelo seu ato maldoso a qual praticou sem qualquer lampejo de arrependimento preferindo viver um tipo de vida desregrada, do que viver em paz na presença de Deus.
6 – O mau caráter se sofrer castigo ainda vai dizer a Deus que é exagerado
Gênesis 4.13 Então disse Caim ao SENHOR: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada.
Apesar de toda maldade que havia praticado Caim que já tinha começado a pagar a sua sentença que foi perpetualizada para as suas gerações, ainda teve o cinismo de se queixar com Deus, sobre a penalidade imposta sobre ele. Assim insinuava que Deus estava sendo muito cruel e exagerado na sua sentença tentado com isso alcançar uma pena mais branda. Precisamos lembrar que Deus é justo e compassivo, mas nunca terá o culpado por inocente e os seus juízos e castigos não são impostos além da medida certa. Esta é a lei universal da colheita e da semeadura, da qual ninguém consegue escapar, nem os pecadores e nem os crentes. Todos tem que responder pelos seus atos, ou nessa vida, ou na vida pós-morte.
7 – O mau caráter sofrendo juízo de uma vida insuportável não se arrepende
Gênesis 4.14 Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e vagabundo na terra, e será que todo aquele que me achar, me matará.
Como a longevidade existia no período antediluviano, a qual conhecemos como a dispensação da consciência, Caim reintera diante de Deus o seu medo de que em algum tempo com a multiplicação da raça humana vinda da descendência adâmica, alguém poderia intentar contra a sua vida. Assim Caim estava antecipando algo que poderia lhe suceder quando os homens viessem a se multiplicar sobre a face da terra. Mesmo com todo esse temor, Caim não caiu em si como o filho pródigo, pois Deus sempre está aguardando que os seus filhos retornem para Ele.
8 – O mau caráter mesmo sob a misericórdia divina não muda a sua índole
Gênesis 4.15 O SENHOR, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o SENHOR um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse.
O tempo de juízo imposto a alguém que pratica algo merecedor do castigo divino, não será abreviado, pois Deus nos seus desígnios pode dar proteção ao penalizado, como também prolongar a vida dos homens mais perversos, pois aqui se fez aqui se paga, sendo também que o castigo se prolonga por toda a eternidade na vida pós-morte. A Caim não foi permitido morrer de pronto, pois isso o tornaria esquecido. A projeção do seu ato homicida deveria mostrar através dos tempos, as desgraças e maldades que um homem com o caráter deformado é capaz de realizar. Todos deveriam se afastar dele, de forma repulsiva, pois seria um homem fugitivo e vagabundo pela terra.
9 – O mau caráter que não se arrepende jamais alcançará a cidadania celeste
Gênesis 4.16 E saiu Caim de diante da face do SENHOR, e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden. 
Caim continuando com o seu caráter deformado e voluntariamente saiu da presença do Senhor renunciando a tudo que Deus poderia fazer por ele. Abriu mão dos privilégios que poderia alcançar se houvesse arrependimento preferindo abandonar a sua ligação com Deus para poder ficar livre dos seus preceitos, assim, abandonou a família, a religião, não se preocupando mais com as leis de Deus. Quem está nessa condição banido da presença do Senhor, já passa a estar na condição de réu de juízo, onde será condenado ao inferno por toda a eternidade. Ele construiu uma cidade na terra que escolheu ficar e a sua geração se proliferou de uma maneira generalizada, a qual com o tempo veio corromper a geração de Sete, onde os seus filhos se envolveram com as filhas da geração de Caim trazendo mais pecados sobre a face da terra, o que provocou a ira divina ao ponto de mandar o dilúvio que destruiria a todos, com exceção a família de Noé. 

Esboço e Comentário elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel - Th.M

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale com o Pastor Adilson Guilhermel

Google Analytics